Origem do Hapkido

WORLD OLIMPIC HAPKIDO FEDERATION
HAPKIDO
Arte Marcial Coreana, que significa “Caminho da União da Energia” ou Caminho da Harmonia.
Muito parecido com o “Aikido”, aprofundando-se tecnicamente, se tornam diferentes nas técnicas de socos, chutes e pulos. Quanto ao resto muito parecido, com grande semelhança, em seu estilo tradicional. As técnicas do Hapkido são baseadas no Aikijujutsu, Judô, Taekwondo, devido a sua grande gama de técnicas, formaram-se várias escolas de hapkido, algumas no estilo mais tradicional e outras no estilo mais agressivo, mas sempre preservando sua característica.
A História do Hapkido
A aproximadamente 4.500 anos quando as pessoas começavam a viver em grupos, já existiam sinais de defesa instintiva necessária para a sobrevivência, ir, defender e contra atacar para proteger a si mesmo e os outros; Isso pode ser constatado pelos sinais deixados em cavernas da China e Coréia. Na década de 60 professores vão para os EUA começar a ensinar o Hapkido. A Associação Koreana de Hapkido enviou quinze professores a guerra do Vietnã, para demonstração as tropas coreanas, americanas e vietnamitas, e vários mestres para difundir o Hapkido no mundo, todos eles alunos dos mestres Yong Sul Choi e Ji Han Jai, entre eles na América do Sul o mestre Hong Soon Kang, atualmente no 10º Dan, Presidente e Fundador da, WORLD OLIMPIC HAPKIDO FEDERATION.
HONG SOON KANG
Grão-Mestre Dr. Hong Soon Kang, Ph. D, é Presidente e Fundador da WOHF (World Olympic Hapkido Federation), instrutor, examinador e árbitro internacional (1ªclasse), 10°dan em Hapkido pela mesma entidade, faixa preta 9°dan em Taekwondo pela WTF (World Taekwondo Federation), aprovado pela Kukkiwon, em Seul, na Coréia, no dia 21 de agosto de 1995, com o certificado n° 50000096, além de Presidente da Câmara do Comércio e Indústria Brasil/ Coréia, com sede no Paraná. Mestre Kang, como é conhecido mundialmente, nasceu em 6 de agosto de 1943, na cidade de Hae Nam, Coréia do Sul, iniciando sua carreira marcial naquele país, em 1955, na cidade de Mok Po; porém, há mais de 30 anos dedica-se à divulgação das artes marciais coreanas, Hapkido e Taekwondo, no Brasil. Ao chegar ao Brasil, Grão-Mestre Kang desembarcou no Rio de Janeiro, onde passou a participar de eventos de demonstração de suas modalidades, atraindo a atenção do público pela sua técnica apurada e sua performance marcante, que incluía chutes voadores entre anéis de fogo. Suas demonstrações impressionaram diversas autoridades à época, entre elas vários oficiais do Exército, com muitos dos quais mantém amizade até os dias de hoje. Mudou-se posteriormente para Curitiba/ PR, com ajuda de um mestre conhecido seu, que o ajudou a reestruturar sua vida no novo país. Grão-Mestre Kang recorda-se com satisfação de sua chegada à rodoviária da capital paranaense, mais de trinta anos atrás, quando ficou encantado com a beleza da cidade e com a gentil acolhida de seu povo. Mestre Kang havia se interessado, desde o início de seu treinamento nas artes marciais coreanas, pela filosofia, postura marcial e tradição do Hapkido, interesse que foi crescendo com o passar dos anos, até que resolveu dedicar-se também a esta arte, paralelamente ao Taekwondo.
A partir de sua experiência com essa última, concluiu que para o Hapkido se tornar mais visível aos atletas brasileiros, deveria estar voltado às competições. Formatou então o Hapkido Olímpico, valorizando as técnicas e a metodologia de aulas, direcionando-as às competições. O objetivo principal do Hapkido Olímpico é fortalecer a união entre os estilos e promover a evolução técnica e filosófica de seus praticantes, seguindo o exemplo do Taekwondo, que experimentou grande crescimento e evolução, ao tornar-se modalidade olímpica. Grão-Mestre Kang encontra-se atualmente trabalhando como o máximo empenho, no sentido de divulgar a arte em todo o território nacional; através de campeonatos e eventos, nacionais e internacionais, que proporcionam o intercâmbio de experiências entre os participantes, e desta forma contribuem para a ampliação do nível técnico destes. Criada e desenvolvida pelo Grão-Mestre Kang, objetivando expandir, organizar e divulgar o Hapkido Olímpico em todo o mundo, com sede em Curitiba/ PR, a W.O.H.F (World Olympic Hapkido Federation) é uma entidade federativa mundial, que cresce tanto no Brasil quanto no exterior.
O Grão mestre Hong Soon Kang desenvolveu um Hapkido completo fundando a World Olimpic Hapkido Federation, com hyuns(formas), ho shin sull (Torções e Imobilizações) Tchagui (chutes variados) Napo (Rolamentos e Quedas) alem de técnicas de energia e armas, e criando um sistema esportivo de combate com técnicas de taekwondo e judô para competições de luta, alem de ser um sistema altamente eficiente em defesa pessoal, o sistema Olímpico de Hapkido do mestre Kang é a nova tendência do Hapkido mundial, em janeiro de 1999 mestre Kang confia a presidência da FEDERAÇÃO RIOGRANDENSE DE HAPKIDO ao seu discípulo direto Grão Mestre Itagiba Vitorio 7º Dan,  nomeado representante da World Olympic Hapkido Federation no  Rio Grande do Sul e no Uruguai.

Significado DO HAPKIDO

HAP – União e Harmonia                                  KI – Energia Vital                                   DO – Caminho


O HAPKIDO NO RIO GRANDE DO SUL
O Grão Mestre Itagiba Vitorio é brasileiro, natural de Santana do Livramento/ RS, filho de Vitório Vieira Dias e Terezinha da Silva Dias, nasceu no ano de 1965. Mestre de Taekwondo e Hapkido, Profissional de Educação Física, Jornalista Profissional, Acadêmico de Filosofia Organizacional e Policial Militar Inaativo (Brigada Militar). Dedica-se exclusivamente ao Taekwondo e ao Hapkido. Iniciou a Pratica nas artes marciais em 1982 (Taekwondo) e 1987 (Hapkido), na cidade de Passo de Los Libres-Argentina com o empresário e Mestre Hwan Lee Choi, comerciante coreano na época. Formou-se Faixa Preta de Taekwondo em 1988 e de Hapkido em 1992. Treinou com outros professores e Mestres outros estilos, mas desde 1991 é aluno direto do Grão Mestre Hong Soon Kang. no ano de 1995 é fundada e no ano de 1999 é registrada a WORLD OLYMPIC HAPKIDO FEDERATION com sede na cidade de Curitiba-PR, presidida pelo Grão Mestre Hong Soong Kang 10º Dan que nomeou no ano de 1999 o Grão Mestre Itagiba Vitorio na época 3° Dan para ser representante desta modalidade no Rio Grande do Sul e no país vizinho o Uruguai. No ano de 2001 foi criado a Federação Rio Grandense de Hapkido, a qual passou a se chamar a partir de 2008, Federação Rio Grandense de Hapkido Olímpico. O Mestre Itagiba Vitorio no ano de 1995 deu inicio ao Projeto Taekwondo Educar no Ginásio Nenezão na cidade de Sapiranga e no ano de 2000 começou o Projeto Hapkido Educar na Escola Frederico Linck na cidade de Guaíba, dando origem a fundação no ano de 2008 do Instituto Educar pelos Direitos dos Cidadãos (INSTITUTO EDUCAR), no qual é coordenador, no ano de 2006 fundou a Federação Latino Americana de Hapkido (FLAHO), e registrou no ano de 2008 com apoio de mestres de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Mato Grosso, Uruguai e Argentina e Colômbia.
No ano de 2001 no dia 14 de Fevereiro na cidade de Guaíba-RS, foi fundada a FEDERAÇÃO RIOGRANDENSE DE HAPKIDO, presidida e dirigida pelo Grão Mestre Itagiba Vitorio o qual vem divulgando esta modalidade pelos vários municípios do nosso estado, ramificando o novo estilo pelos pampas gaúcho, hoje a FEDERAÇÃO RIOGRANDENSE DE HAPKIDO tem filiados nas cidades de Porto Alegre, Canoas, Taquara, Igrejinha, Guaíba, Eldorado do Sul, Julio de Castilhos, Pelotas, Caxias do Sul, Uruguaiana, Quarai, Jaguarão, Herval, Soledade, Sapucaia do Sul, Passo Fundo, Pedro Osório, Cerrito, Esteio Ibirapuitã e Barros Cassal.
No ano de 2003 na cidade de Curitiba quando participavam do Mundial aberto de Taekwondo os Faixas Pretas Jeferson Machado, Juliete Lopes e Mayara Victorio, tendo como técnico o Grão Mestre Itagiba Vitorio da Federação Rio Grandense de Hapkido da cidade de Guaíba, participaram como demonstração ganhando as primeiras medalhas de ouro do Hapkido para o Estado do Rio Grande do Sul, assim dando início do Hapkido Gaúcho em eventos ofíciais. Nos dias 13 e 14 de Agosto de 2004 foi realizado em Curitiba/PR o 1º Campeonato Mundial de Hapkido evento inédito em todo América do Sul Mestre Itagiba participou como técnico do Mestre Leandro na época em Taquara e o Professor Jéferson Machado e a Profesora Mayara Victório de Guaíba, onde estes sagraram-se Campeões Mundial de Hapkido feito histórico para nosso Estado e País, a FEDERAÇÃO RIOGRANDENSE DE HAPKIDO participou do 2º Campeonato Brasileiro de Hapkido que foi realizado na cidade de Juiz de Fora /MG que foi realizado nos dias 13 e 14 de Agosto de 2005 onde foi representar nosso Estado juntamente com o Mestre Leandro Vianna seu aluno David Dias e tendo como técnico o Mestre Itagiba Vitorio, Sagraram-se Campeões Brasileiros de Hapkido e ainda trouxeram o título de 2º lugar por Equipes para o Rio Grande do Sul.
Hoje no Rio Grande do Sul acontecem vários campeonatos a nível estadual, nacional e internacional de Hapkido organizados e supervisionados pela FEDERAÇÃO RIOGRANDENSE DE HAPKIDO. Um pouco de nossa história você confere nas páginas seguintes através do Projeto Hapkido Educar.
UM BREVE CURRICULO DO GRÃO MESTRE ITAGIBA VITORIO (KWAN JA NIM ITAGIBA VITORIO)
• GRADUAÇÃO: Faixa Preta 5º Dan de Taekwondo, 7º Dan de Hapkido e Grau Preto de Muay Thai;
• Grão Mestre Honóris Causa pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Candeias reconhecido pela portaria do MEC n° 1.176 de 17 de abril de 2002;
• Filiado a CBTKD (Confederação Brasileira de Taekwondo) nº 5 -152;
• Filiado a LNT (Liga Nacional de Taekwondo).
• Filiado a WOHF (World Olimpic Hapkido Federation) nº 6 -10;
• Presidente da Associação TCHE de Taekwondo nº 001;
• Diretor Presidente da Federação Rio Grandense de Hapkido Olímpico nº 601-1;
• Presidente da Federação Latino Americana de Hapkido (FLAHO);
• Vice-presidente, Coordenador e Diretor de Registro da Confederação Brasileira de Hapkido Olímpico nº 6 -10;
• Representante da World Olimpic Hapkido Federation no Rio Grande do Sul;
• Profissional de Educação Física CREF2 nº 003482/RS;
• Associação dos Profissionais de Educação Física do Rio Grande do Sul nº APEF 8836;
• Jornalista Profissional MTB n° 15079;
• Filiado a Associação dos Cronistas Esportivos Gaúcho n° 3500;
• Coordenador Geral do Instituto Educar pelos Direitos dos Cidadãos – INSTITUTO EDUCAR.
• Acadêmico no Bacharelado em Filosofia Organizacional na Faculdade de Ciências da Bahia (FACIBA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário